É comum as pessoas acometidas de algum problema de saúde se perguntar: devo ir ao Pronto Socorro (PS) ou marcar uma consulta médica?

013O Pronto Socorro (PS) deve ser usado em casos de urgência e emergência. A utilização adequada dos serviços dessa unidade permite que as pessoas usufruam melhor do serviço emergencial.

Para evitar mais ansiedade pelo atendimento, afinal “a minha dor de barriga é muito mais preocupante que a hemorragia da pessoa que está ao meu lado na sala de espera”, é interessante lembrar da diferença entre urgência e emergência, para não maldizer o atendente, o auxiliar de enfermagem, o enfermeiro(a) e o médico por terem priorizado o atendido a outra pessoa.

Emergência– é quando há uma situação crítica ou algo iminente, com ocorrência de perigo; incidente; imprevisto; ou seja, é quando a circunstância exige uma cirurgia ou intervenção médica de imediato – quando a situação exige solução imediata.

Urgência – é quando há uma situação que não pode ser adiada, que deve ser resolvida rapidamente, necessitando de tratamento em curto prazo, mas de caráter menos imediatista.

Como explicam socorristas, a diferença entre emergência e urgência reside em dois pontos:

– a primeira exige solução imediata; a segunda, em curto prazo, sendo que ambas têm em comum a periculosidade em função do estado de agudeza ou semi-agudeza do problema.

Ambulatório – A consulta no ambulatório deve acontecer quando o problema apresentado não compromete o estado geral do organismo. No ambulatório, fora das rotinas de urgência e de emergência, o médico tem condições de consultar e estudar o paciente como um todo, numa abordagem geral e completa, além de avaliar na consulta de retorno se o diagnóstico está correto e se o tratamento foi adequado.

O atendimento ambulatorial é utilizado principalmente para consultas de rotina ou check-up, pelo médico especialista. A adequada utilização desse serviço contribui para a redução na procura dos prontos socorros possibilitando melhor atendimento aos pacientes em situação de emergência ou urgência.Confira alguns exemplos de quando procurar o atendimento ambulatorial:

  • Acompanhamento de qualquer patologia;
  • Aplicação de injeção;
  • Curativo;
  • Controle de pressão arterial e DM;
  • Dor de garganta;
  • Dores e patologias crônicas sem sintomas agudos;
  • Dor na Coluna;
  • Dor de ouvido;
  • Febre abaixo de 39,5º C;
  • Resfriado;
  • Retirar receitas de medicações de uso habitual e atestados para academia, trabalho ou escola;
  • Retirada de pontos e curativos de cirurgias;
  • Reavaliações;
  • O Pronto Socorro da Beneficência Portuguesa atende 24 horas, e está devidamente equipado para atender as mais diferentes urgências e emergências. O médico de plantão conta com diversos serviços (Tomografia, Raio X, etc…) para respaldo ao diagnóstico e posterior procedimento e encaminhamento adequados.

    O PS da Beneficência Portuguesa funciona na Rua Monsenhor Paula Rodrigues, 220, Vila Belmiro. Telefone 2102-3408.

    (Foto: Divulgação/SPB)

    2016 © Todos os direitos reservados

    Telefones :        (13) 2102-3434    /    Luto:    (13) 2102-3436