Missa em louvor ao Dia Internacional da Enfermagem

Fotos - ''Missa em Comemoraç_o ao Dia do Enfermeiro'' Tiradas dia 12-05-2014 015 (4)

A tradicional Missa em Ação de Graças pelo Dia Internacional da Enfermagem, realizada nesta segunda-feira (12), na Capela Santo Antônio, da Sociedade Portuguesa de Beneficência, não foi muito mais que um momento de oração. Foi um chamado à reflexão, ao agradecimento e à gratidão.

Fotos - ''Missa em Comemoraç_o ao Dia do Enfermeiro'' Tiradas dia 12-05-2014 015 (7)

Celebrada pelo Padre João Bosco, a missa teve a participação dos profissionais da Enfermagem, de técnicos da área, diretores da Instituição e de pacientes. O celebrante falou da importância da profissão e especialmente da importância do profissional, aquele que abraçou a carreira por vocação e a desenvolve com dedicação. Palavras sábias e de estímulo fizeram parte da homilia dessa missa especial em homenagem às enfermeiras e enfermeiros, enaltecendo o trabalho essencial não apenas nos hospitais da Beneficência Portuguesa (Hospitais Santo Antônio e Santa Clara), mas em todos os locais onde se trabalha para o atendimento médico-hospitalar e na recuperação da saúde e entre as leituras citou Lucas 17.

Fotos - ''Missa em Comemoraç_o ao Dia do Enfermeiro'' Tiradas dia 12-05-2014 015 (14)

Gratidão – O presidente da Beneficência, Ademir Pestana, para demonstrar a gratidão da diretoria da Instituição à enfermagem e a gratidão tida por estes profissionais como prêmio maior ao trabalho que desenvolvem, se baseou na leitura de Lucas 17 para se dirigir à equipe de enfermagem durante a missa. O presidente relatou conforme texto bíblico, a gratidão de um samaritano a Jesus.

Fotos - ''Missa em Comemoraç_o ao Dia do Enfermeiro'' Tiradas dia 12-05-2014 015 (36)“Quando Jesus, indo para Jerusalém, passou pelo meio da Samaria e da Galileia, chegando a uma aldeia uma aldeia, vieram-lhe ao encontro dez homens leprosos, que de longe levantaram a voz pedindo misericórdia. E Jesus vendo-os disse-lhes para irem e que  apresentassem aos sacerdotes. Indo, eles (os leprosos) ficaram limpos. Um deles, o samaritano, vendo que estava curado, voltou glorificando a Deus em voz alta e caiu aos pés de Jesus, dando-lhe graças. Jesus então perguntou: não foram dez os limpos? E onde estão os nove? Os outros não voltaram e Jesus disse ao homem que voltara para lhe agradecer a cura: Levanta-te e vai, a tua fé te salvou”.

Ao se referira a Lucas – Capítulo 17 da Bíblia – “A cura dos dez leprosos” em outras palavras, Ademir Pestana reforçou a importância da diferença sutil entre agradecimento e gratidão à equipe de enfermagem.

(Fotos: Divulgação/SPB)

2016 © Todos os direitos reservados

Telefones :        (13) 2102-3434    /    Luto:    (13) 2102-3436