Novembro Azul: Saúde do homem – mudanças de hábito

Palestra Saúde do Homem - Doenças da Próstata“Saúde do Homem – Doenças da próstata” foi o tema da palestra ministrada pelo médico urologista Walter Melarato, na última quarta-feira (19), no Salão Nobre da Sociedade Portuguesa de Beneficência.

O médico evidenciou a importância da prevenção para que o homem tenha mais qualidade de vida, independentemente da idade e que o câncer de próstata é apenas uma das muitas doenças que afetam o homem e que a campanha ‘Novembro Azul’ que visa conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce desta doença (câncer) e de outras, é mais um instrumento para alertar, especialmente ao homem, sobre a premente necessidade de cuidar da saúde.

“Iniciativas como esta ‘Novembro Azul’ que esclarece e mostra o caminho com informações, inclusive de locais específicos para tratamento são benéficas e precisam acontecer durante o ano inteiro e não apenas em um mês para auxiliar na mudança de hábitos da população, principalmente a masculina que ainda se mantém resistente (grande parcela da população masculina) à prevenção, à procura de médico. No caso de doenças da próstata, a resistência continua muito acentuada, por essa razão é importante lembramos que a recomendação é que homens a partir dos 45 anos de idade, devem procurar o urologista para exame da próstata,porque câncer é apenas uma das doenças de próstata,uma glândula abaixo da bexiga, cuja função é produzir e armazenar parte do fluido seminal, ou seja, parte do órgão reprodutor.

Palestra Saúde do Homem - Doenças da Próstata

O câncer de próstata é o tumor mais comum em homens acima de 50 anos e pode ser diagnosticado por meio de exame físico (toque retal) e laboratorial (dosagem do PSA). Quanto aos fatores de risco podemos citar: histórico familiar da doença, fatores hormonais e ambientais e certos hábitos alimentares, sedentarismo e excesso de peso”, explicou médico Walter Melarato que respondeu a diversas perguntas sobre mitose verdades relacionadas ao câncer de próstata.

Melarato enfatizou que o objetivo da palestra e da campanha é combater a desinformação, principalmente com relação ao exame de toque, tão temido. “Não há porque temer o exame de toque retal necessário para que o médico possa sentir a superfície da próstata localizada na frente do reto, possibilitando sentir a existência ou não de tumor. O exame não é doloroso é ajuda a determinar se o tumor pode se espalhar para outros tecidos (regiões)”.

A palestra gratuita é resultado de parceria entre a Beneficência Portuguesa e a Secretaria de Saúde de Santos, com o objetivo de levar a campanha “Novembro Azul”, campanha criada pela Organização Mundial da Saúde e Ministério da Saúde e tornada *lei municipal em Santos, por iniciativa do vereador Ademir Pestana, presidente da Beneficência Portuguesa.

*Lei Municipal nº 1.600 de 27/6/97 propõe em Santos, campanha de conscientização a respeito da prevenção focalizando uma política de saúde preventiva do público masculino.

Fotos: Divulgação/SPB

2016 © Todos os direitos reservados

Telefones :        (13) 2102-3434    /    Luto:    (13) 2102-3436