O Jornal Nacional desta semana noticiou que um grupo de pessoas que aplicavam golpes passando-se por médicos e solicitando o depósito de dinheiro foram presos no Estado do Rio de Janeiro.

Usando um telefone celular, presos que se encontravam em celas no Mato Grosso fingiam ser médicos e se aproveitava do desespero e da fragilidade dessas famílias para obter ganhos.

A SPB alerta que, toda comunicação com o hospital é feita presencialmente por um funcionário identificado e a entidade nunca solicita depósito bancário por telefone.

Caso receba ou conheça alguém que recebeu este tipo de ligação, entre em contato imediatamente com o hospital ou seu convênio e posteriormente denuncie.

Confira a matéria em https://glo.bo/2ve2Tp5

2016 © Todos os direitos reservados

Telefones :        (13) 2102-3434    /    Luto:    (13) 2102-3436