7 de abril – Dia Mundial da Saúde

Secretário de Saúde de Santos, fala sobre o Dia Mundial da Saúde, dengue e responsabilidade no cuidar de pessoas.

Criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 1948, o Dia Mundial da Saúde, comemorado em 7 de abril, tem por objetivo, conscientizar as pessoas sobre a importância da saúde para o desenvolvimento pessoal, familiar e da sociedade.

marcos_calvoO secretário de Saúde de Santos, Dr. Marcos Esteves Calvo, em entrevista para o site da Sociedade Portuguesa de Beneficência de Santos, falou sobre os avanços para uma vida com melhor qualidade e a preocupação com a ação nefasta do Aedes aegypti (mosquito transmissor da dengue) e conclama a população ao combate ao causador da epidemia de dengue que atinge alguns municípios da Baixada Santista, entre eles Santos, com cerca de 3. Casos, inclusive com óbitos.

“Vivemos grandes tempos onde a tecnologia e investimentos mundiais ofertam grandes avanços na garantia de preservação da vida com uma melhor qualidade. Entretanto, mesmo com a incorporação desses avanços tecnológicos, nos deparamos com o paradoxo de um pequeno inseto manter refém grandes aglomerados humanos.

É preciso que se reflita que a condição de melhora da saúde pública jamais excluirá o ser humano como agente efetivador dessa melhora. Não se trata de transferência de responsabilidades, pois o poder público tem uma responsabilidade indelegável, mas é preciso pontuar o papel de cada um.

Se o papel governamental junto à Saúde Pública cabe a oferta de serviços, medicamentos, leitos, etc, à população cabe tomar para si a responsabilidade com sua residência, e até porque não, com as áreas comuns como calçadas, parques, terrenos.

Ou seja, não basta que estejamos em uma sociedade considerada entre as principais em qualidade de vida em nosso país, não basta termos na atualidade, tecnologia em saúde à nosso acesso. É preciso, mais do que nunca, estarmos atentos como cidadãos, exercendo responsavelmente nossa liberdade e por exemplo, não jogar lixo na rua, nos terrenos que mais tarde entupirão bueiros auxiliando na provocação de enchentes e no acúmulo de água que servem de criadouros para mosquitos.

Vivemos uma dubiedade e precisamos mais do que nunca, escolhermos boas ações que contribuam para nós, para quem amamos e para com nosso semelhante com quem convivemos diariamente, no trabalho, na vizinhança, na academia etc.
Parafraseando, Gastão Vagner, um grande pensador da Saúde Pública deste país: “O cidadão é o grande protagonista na Saúde Pública”.

Segundo o secretário Marcos Calvo, dar atenção à saúde é cuidar de pessoas com responsabilidade. Em sua mensagem para o Dia Mundial da Saúde, fala de parceria com a sociedade e lembra os 25 anos do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Dar atenção à saúde é cuidar de pessoas, e para cuidar é preciso gostar de fazer isso e fazê-lo com responsabilidade. Nossa missão é fazer um trabalho com  atenção e zelo em prol do cidadão, estimulando sempre o melhor dos parceiros e principalmente das equipes que atendem em nossas unidades de saúde. Sabemos também que nenhum grande objetivo se alcança sem a participação de toda a sociedade. Aproveito para parabenizar o SUS, que neste ano completa 25 anos”.

Dicas para uma vida saudável

A opção por alimentos saudáveis, além de ajudar no emagrecimento, diminui as taxas de colesterol, de triglicérides (gordura) e de açúcar no sangue. Evitar frituras e fast-food, além de diminuir o risco de infarto e derrame. Cuidado com o abuso de alimentos diet, pois eles têm mais gordura e com os “zero” que têm mais sódio. Beber bastante líquido, além de filtrar impurezas do organismo, hidrata a pele.

Boa noite de sono é outra dica. Oito horas diárias de sono ajuda a recuperar as energias, lembrando que dormir pouco, causa mau humor e engorda.

Praticar uma atividade física ajuda a emagrecer, aumenta a força e o tônus muscular, melhora a capacidade respiratória e o condicionamento físico. O ideal é fazer de três a cinco vezes por semana.

Diga não ao estresse, pois muitas doenças são causadas por este verdadeiro veneno para o corpo, desde reações nervosas até derrame e infarto.

Cuidado com o álcool. Como todas as bebidas alcoólicas são muito calóricas, não trazem benefício nutricional. O abuso pode ainda levar ao alcoolismo ou causar cirrose hepática, doenças levam à morte. Diabéticos, hipertensos ou quem tem alta taxa de triglicérides devem evitar o álcool.

Parar de fumar. Não podemos esquecer que o fumo contínuo pode causar câncer de pulmão (95% dos casos são em fumantes), de garganta, língua e faringe, e, a médio prazo, pode causar o devastador enfisema pulmonar.

O lazer é necessário a todos e significa ter prazer e a prática de atitudes prazerosas libera serotonina, o hormônio do prazer, responsável por momentos de diversão e de descanso.

O uso de camisinha é imperioso nas relações sexuais impede infecção e a gravidez indesejada e doenças sexualmente transmissíveis como a Aids, HPV, sífilis, gonorreia, entre outras. O uso do preservativo é uma proteção à saúde. É preciso se dar oportunidade para ter mente sã e corpo são, situações essenciais para uma vida com qualidade.

Fotos: Divulgação
Assessoria de Imprensa – Sociedade Portuguesa de Beneficência de Santos

2016 © Todos os direitos reservados

Telefones :        (13) 2102-3434    /    Luto:    (13) 2102-3436