Você encontra-se em: Home > Serviços / Oncologia / Radioterapia / Dúvidas Frequentes

Confira algumas dúvidas frequentes dos usuários de nosso serviço.

1 – Quais os benefícios da radioterapia?

Em torno de 60% dos pacientes com câncer, no curso da sua doença, serão tratados com radioterapia. E o mais importante: na maioria dos casos, o tratamento tem intenção curativa. Quando não é possível obter a cura, a radioterapia pode contribuir em muito para a melhoria da qualidade de vida, aliviando dores, obstruções ou sangramentos.


2 – Como é feita a radioterapia?

A radioterapia é diária (dias úteis), com duração de 15 a 20 minutos por sessão. O número de sessões (ou aplicações) necessárias vai variar de acordo com cada paciente, com cada doença. Essa variação pode ser grande, desde duas até oito semanas. O médico radioterapeuta vai definir a melhor conduta para o seu caso. Após vencidas as etapas de simulação e planejamento (vide Radioterapia Conformacional ou 3D), chega o momento do paciente iniciar o tratamento. O paciente ficará deitado em uma mesa rígida, na mesma posição na qual a Tomografia foi realizada, sob o aparelho de tratamento.

A partir daí, em cada posição de parada do equipamento, o feixe de radiação será ligado e estará direcionado para o volume-alvo tumoral. Para cada caso, especificamente, será definido o número de paradas (campos de irradiação). Quem realiza cada sessão é um tecnólogo, com formação específica para a área das radiações.

Quem supervisiona os tecnólogos é um físico médico. Este profissional é também responsável pelo controle da qualidade dos equipamentos, tanto hardware quanto software. Por fim, quem supervisiona toda essa equipe é o médico radioterapeuta. Apesar deste não participar diretamente das aplicações, ele é o coordenador do time e está ciente de cada ato.

Além disso, periodicamente, cada paciente é avaliado clinicamente pelo médico, sendo medicado e orientado conforme sua necessidade.


3 – Quais os possíveis efeitos da radioterapia e o que fazer quando surgirem?

A intensidade dos efeitos da radioterapia depende da dose do tratamento, da parte do corpo a ser tratada, da extensão da área irradiada, do tipo de radiação e do aparelho utilizado. A maioria dos efeitos são específicos, conforme cada sítio anatômico. Para cada caso, tanto o médico quanto a enfermeira, explicarão detalhadamente o que esperar em cada semana de tratamento.

Um efeito freqüente, independente da área a ser tratada, é um cansaço leve, temporário. Geralmente, este cansaço é combatido com atividade física regular, independente da intensidade desta atividade.

Novamente, seu médico será o responsável por orientar o melhor caminho.